sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Existem armadilhas nas decisões de dirigentes organizacionais?


John S. Hammond, Ralph L. Keeney e Howard Raiffa, no artigo The hidden traps in decision making (Harvard Business Review, 1998), afirmam que tomar decisões é o mais importante trabalho de um executivo, sendo também o mais difícil e arriscado. Eles examinaram um conjunto de armadilhas psicológicas relevantes na tomada de decisões e, neste breve artigo, comentamos cinco, associando-os às decisões dos conselhos de administração e das diretorias executivas. 

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Caso Enron: a derrocada da empresa mais admirada dos EUA


A Enron foi criada em 1985, a partir da fusão entre a Houston Natural Gas e a InterNorth, ambas do setor de gás. Em 1989, a Companhia começou a comercializar o produto como commodity e terminou por se tornar a maior comercializadora de gás natural dos EUA e da Grã-Bretanha, com sede em Dallas, Texas (EUA). Ela diversificou sua atuação na área de energia e também entrou em novos negócios, como internet e derivativos entre outros. Antes de sua derrocada, a Enron chegou a empregar mais de 20 mil pessoas e a ser a empresa mais admirada dos Estados Unidos. 

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Indicação: livro “Canibais com garfo e faca”


Cannibals with forks – the triple bottom line of 21st century (Canibais com garfo e faca – o triple bottom line do século XXI), escrito pelo sociólogo britânico John Elkington, foi publicado originalmente em 1997 e se tornou uma das principais referências da literatura sobre sustentabilidade. A inspiração para o seu título é o questionamento do poeta polonês Stanislaw Lec, autor de uma indagação: se um canibal usar garfo e faca, isto será progresso? Na linha desse questionamento, John Elkington questiona se empresas que destroem outras empresas têm comprometimento com o tripé prosperidade econômica, a qualidade ambiental e justiça social.

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Em foco: o que é aquecimento global?


O aquecimento global é o aumento da temperatura média dos oceanos e mares e da camada de ar próxima superfície terrestre. Decorre de causas naturais, mas pode ser fortemente intensificado por atividades humanas, impactando negativamente e ameaçando a vida na Terra. Infelizmente, as várias atividades humanas, especialmente a partir da Revolução Industrial, têm intensificado o fenômeno conhecido como efeito estufa, provocando a elevação da temperatura do Planeta e originando iniciativas da Organização das Nações Unidas (ONU) e outras instituições, de ativistas ambientais e da sociedade em prol de mudanças.

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Estratégia e visão de longo prazo interessam aos investidores em ações?


No livro The theory of the grouth of the firm (1959), a professora Edith Penrose define a firma (frequentemente, a Ciência Econômica utiliza tal palavra, ao invés de empresa) como sendo um conjunto de recursos produtivos, humanos e materiais. Tais recursos vão além de meros inputs materiais para produzir bens e serviços, pois abrangem os conhecimentos que a organização acumulou e que podem ser mobilizados em prol de objetivos. Qual é a relação do pensamento de Penrose com o tema estratégia?

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Indicação: livros “Mundo sustentável” e “Mundo sustentável 2”


Os livros Mundo Sustentável – abrindo espaço na mídia para um planeta em transformação e Mundo Sustentável 2 – novos rumos para um planeta em crise (Editora Globo, 2005 e 2012, respectivamente), do jornalista André Trigueiro, têm características importantes: resultam do trabalho de seu autor como profissional de mídia e têm um formato que favorece, para leitores não especializados em sustentabilidade, a compreensão de questões muito atuais neles tratadas.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Em foco: o que é o Acordo de Paris?


Em 12 de dezembro de 2015, a 21ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 21) resultou na aprovação de um acordo histórico, envolvendo 195 países, incluindo União Europeia, Estados Unidos, Brasil, Rússia, Índia e China: o Acordo de Paris, cujo propósito é manter o aumento da temperatura média global abaixo de 2 graus centígrados em relação aos níveis pré-industriais, preferencialmente da ordem de 1,5 graus centígrados. 

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Existem paradigmas no governo das organizações?


O que é um paradigma? 

Em 1962, Thomas Samuel Kuhn, doutor em física pela Harvard University, publicou o livro A estrutura das revoluções científicas, que teve grande repercussão junto à comunidade acadêmica – e ainda tem. Na obra, Kuhn apresenta o conceito de paradigma: trata-se de uma teoria forte, aceita por uma comunidade de praticantes de uma dada ciência, que sustentará o desenvolvimento de teorias, modelos e leis que gravitarão ao redor dos seus fundamentos, até que anomalias descobertas conduzam à formulação e consenso em torno de uma nova teoria forte

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Indicação: documentário “A corporação”


O documentário The corporation (A corporação), de 2003, baseado no livro The Corporation: the pathological pursuit of profit and power, de Joel Bakan, versa sobre corporações e sobre como elas são poderosas por todo o Planeta, em seu país de origem e mesmo em outros. Em suas primeiras cenas, o filme aponta como grandes empresas dos EUA, por meio da 14ª Emenda da Constituição estadunidense, criaram a figura da pessoa jurídica, que seria um escudo para que proteger os sócios de empresas das consequências de suas próprias decisões.

Mery Kay e Virgin: reflexões sobre entrar e sair da bolsa


Sejam considerados os dois casos a seguir, sobre empresas que abriram seu capital em bolsa de  valores e, posteriormente, tomaram a decisão de fechar

Caso Virgin: por que entrar e sair da Bolsa de Valores

Ambos são exemplos de empresas cujos empreendedores-proprietários decidiram, em um momento da história de suas respectivas empresas, abrir o capital e listar ações em Bolsa de Valores.  Quais reflexões principais emergem desses dois exemplos?

Caso Mary Kay Cosmetics: por que entrar e sair da Bolsa de Valores?



Mary Kay Ash (1918-2001), nascida no Texas, EUA, e autora do livro Milagres Acontecem (1994), foi uma mulher ímpar, quando se considera a mentalidade dos anos sessenta, período em que ela buscou a realização de seu sonho, após trabalhar durante 25 anos com vendas: criar uma empresa que operasse de acordo com as suas convicções pessoais. A empresa Mary Kay Cosmetics nasceu de economias familiares, do dinheiro que Mary acumulara para desfrutar sua aposentadoria; se ela fracassasse, teria que trabalhar até o final de sua vida para sobreviver.

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Em que o conselho de Jedi’s da ficção de George Lucas errou?


Em um dos episódios da série de ficção Star Wars, do diretor de cinema George Lucas, o jovem Anakin Skywalker recebe uma incumbência do Conselho de Cavaleiros Jedi´s ao qual se reportava: vigiar um político sequioso de poder que viria a manipular o jovem jedi para se tornar, com sua ajuda, o líder de um império que ceifaria muitas vidas nos episódios seguintes da série. Anakin, por sua vez, se transforma no clássico vilão Darth Vader, e o Conselho de Jedi´s fracassa em seu intento. 

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Indicação: documentário “Os mais espertos da sala” (caso Enron)


O documentário The smarthest guys in the room (Os mais espertos da sala), de 2005, baseia-se no livro de mesmo nome, escrito pelos jornalistas Bethany Mc Lean e Peter Elkind. Aborda a derrocada da empresa Enron, corporação que chegou a ser a mais admirada dos EUA, mas cujos fundamentos estavam assentados sobre diversas mentiras e ilegalidades, as quais conduziram ao encerramento das atividades da Companhia.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Em foco: o que é o Tratado de Kyoto?


O Tratado de Quioto ou Kyoto, como é mundialmente conhecido, é um tratado internacional que nasceu de alguns eventos sobre meio ambiente ocorridos nos anos noventa, com especial destaque para a Eco 92, no Rio de Janeiro. Nesses eventos, muito se discutiu sobre a emissão de gases de efeito estufa (GEE’s) na atmosfera e sobre como reduzir tal emissão. 

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Como os conselhos de administração devem atuar?


Muito esforço tem sido empenhado em discutir o papel dos conselhos de administração, objeto de muitos estudos e pesquisas. E eles merecem todo esse esforço, dada sua importância para a governança corporativa das empresas, e dadas as regras legais impostas aos conselhos e seus integrantes. No Brasil, conselhos de administração têm grandes responsabilidades, de acordo com a Lei das Sociedades Anônimas (Lei n. 6.404, 15/12/76) e suas atualizações. Assim como os conselhos fiscais e as diretorias executivas, eles podem ser legalmente penalizados por decisões que prejudiquem as empresas e seus sócios. 

sexta-feira, 21 de abril de 2017

B3 lança "Relate ou Explique"


A Bolsa de Valores lançou, no dia 13 da abril, o "Relate ou Explique para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável". Doravante, a B3 solicitará às companhias com ações nela listadas que uma vez por ano informem se elaboram seus relatórios de sustentabilidade ou integrados considerando os objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Indicação: livro “Primavera silenciosa”


O livro Silent spring (Primavera silenciosa), escrito pela cientista, professora, escritora e ecologista estadunidense Rachel Louise Carson e publicado pela editora Houghton Mifflin, em 1962, é a primeira obra sobre meio ambiente com caráter de conscientização e alerta amplamente lida pelo público dos EUA, tendo se tornando leitura recomendada (eventualmente, obrigatória) em cursos de meio ambiente ao redor do Planeta. Trata-se de um marco editorial e mesmo político, que mudou a forma dos seres humanos perceberem questões ambientais.

Caso Virgin: por que entrar e sair da Bolsa de Valores?


Nascido em Londres em 1950, Richard Branson iniciou sua carreira empresarial aos 15 anos, por meio da criação da revista Student, seu primeiro empreendimento. O autor relata, no livro Acredite em você mesmo e vá em frente (2006), a fórmula que fez essa publicação florescer: planejamento e persistência. Branson afirma que ele e seu colega de escola Jonny Gems passaram dois anos, por ele considerados muito divertidos, escrevendo centenas de cartas com oferta de espaço de propaganda, além de também tentaram entrevistas com pessoas famosas, estratégias que terminaram oir funcionar.

sábado, 1 de abril de 2017

Nasce a B3, uma Bolsa de Valores ampliada


No dia 30 de março, nasceu a B3, como resultado da fusão da Bolsa de Valores e da Cetip, maior depositária de títulos privados da América Latina. A aprovação da fusão pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) foi feita no dia 22 de março. No dia 1 de maio, Gilson Finkelsztain assumirá a presidência executiva da nova empresa.

sexta-feira, 31 de março de 2017

Quem é Gro Harlem Brundtland?



Gro Harlem Brundtland é uma política norueguesa, diplomata, médica e líder em desenvolvimento sustentável. Nascida em Oslo, em 1939, formou-se em medicina pela Universidade de Oslo, em 1963, tendo conquistado seu mestrado em saúde pública pela Harvard University em 1965.

De 1974 a 1979, após alguns anos de atuação profissional, ela exerceu o cargo de ministra  dos Negócios Ambientais da Noruega. Exerceu, também, o cargo de primeira-ministra daquele País em 1981 e nos períodos 1986 a1989 e 1990 a1996.

Em foco: qual é a importância do Relatório Brundtland para a sustentabilidade?


O Relatório denominado Our Common Future (Nosso futuro comum), também conhecido como Relatório Brundtland, publicado em 1987, é um dos documentos mais importantes de referência ao estudo sobre desenvolvimento sustentável, em bases históricas.

O documento em questão resultou de um amplo esforço da Organização das NaçõesUnidas (ONU) sobre meio ambiente e desenvolvimento, o qual envolveu muitos especialistas e terminou por respaldar, em grande medida, a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento (CNUMAD), que aconteceu no Rio de Janeiro em 1992, a Eco 92.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Por que a Lei das Sociedades Anônimas é fundamental para conselhos de administração?


Os conselhos de administração são um dos mais importantes instrumentos de governança corporativa de uma empresa, operando como o olhar dos acionistas sobre os negócios e as operações. Não se deseja que os conselheiros atuem como executivos, mas que acompanhem o que ocorre com a empresa, em várias frentes, e orientem as diretorias executivas em seu trabalho, detectando problemas e corrigindo-os.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Indicação: livro “Governança corporativa”



O livro Governança Corporativa – Fundamentos, Desenvolvimento e Tendências, de José Paschoal Rosseti e Adriana Andrade Solé (Editora Atlas, 2014) é a obra sobre governança corporativa que mais edições teve no Brasil: está na 7ª e certamente não será esta a última edição.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Em foco: quais são as cinco grandes conferências da ONU relacionadas à sustentabilidade?


A Organização das Nações Unidas (ONU), desde os anos setenta, organizou vários eventos focados no desenvolvimento sustentável e na sustentabilidade. Entre os mesmos, são destaques as seguintes conferências, de natureza abrangente (já que outros eventos contemplam temas específicos):